Fit4jobs: desenvolver as competências que as empresas precisam

Fit4jobs: desenvolver as competências que as empresas precisam


O Programa Escolhas é o representante português no projeto Fit4jobs, o qual conta com outros parceiros da Bélgica, Espanha, Grécia, Irlanda, Letónia e Lituânia.

 

O Fit4jobs é uma iniciativa promissora de formação intensiva de elevada qualidade, centrada em competências TIC, com o objetivo de gerar profissionais altamente competentes do ponto de vista técnico e do domínio das soft skills.

 

Este projeto de âmbito Europeu procura replicar um modelo implementado na Irlanda, pelo FIT Ltd, onde cada ação de formação é cuidadosamente desenhada, procurando dotar os candidatos com as competências exigidas pelas empresas, reduzindo o gap existente a este nível. 

 

A primeira fase do Fit4jobs, consiste num convite dirigido a empresas e grupos empresariais com atuação na região da Grande Lisboa, para que possam participar na definição de um currículo de formação, assim como na identificação de outras formas de colaboração.

 

Numa segunda fase o Programa Escolhas através do Fit4jobs irá financiar uma ação de formação intensiva (em TIC e soft skills), com a duração de 3 meses, prevista para maio de 2015, para um total de 30 participantes entre os 20 e 30 anos (pretendemos trabalhar com duas turmas de 15 formandos). Na seleção dos formandos, iremos dar prioridade a candidatos de ambos os sexos, com habilitações mínimas ao nível do ensino secundário completo, em situação de desemprego, que demonstrem interesse, motivação e apetência pelas TIC através da realização de um teste, entrevista e análise curricular.

 

Até ao momento, mais de 16.500 candidatos a emprego concluíram com sucesso os programas de formação na Irlanda, sendo que mais de 12.000 foram colocados em emprego, representado uma taxa de sucesso de 75. Recentemente, a Comissão Europeia designou o FIT, como uma das iniciativas de empregabilidade mais eficazes em curso na Europa.

 

A colaboração das empresas e dos parceiros estratégicos nesta fase é primordial para o sucesso desta iniciativa, a qual tem como visão a largo prazo, com base na sua replicação nos países participantes, a colocação de mais de 100.000 indivíduos no mercado de trabalho, por ano na Europa.

No final de abril estiveram reunidas, em Lisboa, as entidades que integram esta iniciativa para discutir as metas a que se propõem chegar com o projeto e uma visão global para o FIT4JOBS, que procura repicar o modelo FIT, de formação para o emprego (Irlanda).


Refira-se que, neste país, o modelo FIT se mostrou altamente eficaz e, até ao momento, mais de 16.500 candidatos a emprego concluíram com sucesso os programas de formação, sendo que mais de 12.000 foram colocados em emprego, representado uma taxa de sucesso de 75%.


O projeto FIT4JOBS constitui assim um exemplo de como se pode atuar a nível local, com um enfoque na criação de empregos digitais, juntando sete organizações Europeias, que trabalham para reduzir o gap digital e social através da formação e do acompanhamento contínuo.

Os parceiros do projeto são membros da Telecentre Europe, uma organização que representa redes e iniciativas diversas no campo da inclusão social e desenvolvimento de competências digitais. A Telecentre Europe desempenha um papel chave enquanto facilitador junto das Coligações Locais e Nacionais para o Emprego e Competências Digitais em vários países. No âmbito do FIT4JOBS, é esperado que os 6 países envolvidos colaborem no âmbito dos planos de ação das suas respetivas Coligações Locais e Nacionais.


Para além do Programa Escolhas, o FIT4JOBS conta com uma vasta rede de parceiros na implementação deste projeto, composta pelas seguintes instituições:

(i)                  a associação não-governamental LIKTA, a principal responsável pelo desenvolvimento da Sociedade de Informação e das e-skills na Letónia;

(ii)                 a "Langas į ateitį", uma associação sem fins lucrativos criada em 2002 por empresas privadas, com o intuito de disseminar a literacia digital e de desenvolver competências de navegação na Internet, para adultos, na Lituânia;

(iii)               a ACRT, “Asociación Comunidad de Redes de Telecentros”, a qual reúne um conjunto de entidades que têm como objetivo comum impulsionar, dinamizar e manter os espaços púbicos denominados como “telecentros”, procurando desta forma fomentar a Sociedade de Informação e facilitar o acesso às TIC;

(iv)              a HePIS, “The Hellenic Professionals Informatics Society” uma rede que tem como objetivo conectar todos os profissionais ligados às TIC na Grécia, procurando defender os seus interesses, intervindo no contexto nacional e Europeu;

(v)                a “FIT Ltd”, uma iniciativa liderada pela indústria em estreita colaboração com o governo Irlandês, empregadores do setor TIC, o Ministério de Educação, agências de formação, organizações de desenvolvimento local, Centros de Emprego e uma série de organizações de base comunitária; e por último,

(vi)              a “Telecentre Europe” uma associação europeia de redes de espaços “telecentros” sedeada em Bruxelas, a qual representa e conecta mais de 50 organizações ativas no campo da inclusão social através das novas tecnologias. No âmbito do FIT4JOBS, a “Telecentre Europe” será a entidade responsável pela comunicação e disseminação.

 

Encontra-se em fase conclusão a primeira etapa do projeto, a qual foi dedicada ao planeamento e organização de reuniões com potenciais empregadores, recrutamento e seleção de candidatos com apetência para as TIC, e preparação dos cursos a desenvolver de acordo com as necessidades do empregador. No âmbito do Fit4jobs, foram convocados mais de 300 jovens (em parceria com o IEFP), para participar nas sessões de esclarecimento realizadas, nas quais aplicámos um teste preliminar a 122 jovens. 


Em Portugal, no âmbito da segunda fase do FIT4JOBS pretendemos concluir o processo de seleção (entrevistas e testes de aptidão), e efetivar a formação dos participantes selecionados, a qual ficará a cargo de uma entidade formadora credenciada.


O Programa Escolhas na execução do FIT4JOBS beneficia da parceria estratégica e do apoio institucional de distintas entidades públicas e privadas, algumas das quais fazem parte da Coligação Portuguesa para a Empregabilidade Digital. Um dos eixos estratégicos da coligação nacional encontra-se assente na requalificação para o emprego em TIC. A iniciativa Fit4jobs enquadra-se neste eixo, uma vez que incide sobre requalificação de candidatos a emprego, estando alinhada com os objetivos da Coligação Nacional.


 Parceiros estratégicos na execução do FIT4JOBS:



Associação Nacional das Empresas das Tecnologias de Informação e Electrónica

Associação para a Promoção e Desenvolvimento da Sociedade de Informação

Associação Portuguesa para o Desenvolvimento das Comunicações

Cisco Systems Portugal

Closer Consultoria Lda.

EPIS - Empresários para a Inclusão Social

Fundação Calouste Gulbenkian

Fundação para a Ciência e Tecnologia

Instituto do Emprego e Formação Profissional

Pólo das Tecnologias de Informação, Comunicação e Electrónica (TICE.PT)

 

 

 

QUESTIONÁRIOS